sábado, 9 de dezembro de 2017

Facebook Não É Saudável, Face-a-face É




                      O que você vê nesta figura? Duas faces, um vaso ou os dois?

Ruth Ferraz

Você quer saber porque o face-a-face é imensamente mais saudável do que o Facebook, que é perigoso e insano?

"O Facebook encoraja-nos a deixar nossa guarda baixa. É um comportamento que é uma antitese do ideal da modestia e simplicidade.  O resultado é um desafortunado e insensivel para com a ideia de privacidade e dignidade interior. Há pessoas que podem ser um alto risco de todas as nossas crianças (e nós mesmos). Quando nós temos algo especial e precioso, nós devemos preserva-lo. Nos colocamos cerca ou muros ao redor da nossa casa e guardamos nossas finas joías em local seguro. "Cercas" ajudam-nos a evitar a tentação". (1) (E. Braverman in Aish)

Como é que pais e mais podem expor tão facilmente fotos de suas crianças, em meio a milhares de pessoas que não se sabe totalmente quem são. Pode-se ter algum criminoso no meio das centenas ou milhares de pessoas que adicionamos que pode rastrear nossas vidas e até rapidar nossas crianças! Principalmente no Brasil onde o indice de violencia é bastante elevado, precisamos tomar todo cuidado. Uma pessoa que eu conheç, que sempre gostou de ostentar suas riquezas, tem a pagina no Facebook do Facepage de sua loja de tecido finos, com endereço e tudo!

Vocês acham que estamos exagerando, então vejam este fato: o adolescente que em 2012 praticou um tiroteio violento contra 20 crianças e 6 educadores na Escola Elementar Sandy Hook em Connecticut, EUA, tinha postado no Facebook avisando que ele faria o massacre na escola com um rifle, um poderosa arma de tiros rapidos.(7) (Lois Becket in The Guardian)  Ninguem deu importancia ao aviso, mostrando que nossa frieza em não prestar atenção nos torna vitimas, senão direta, inderetamento, pois o que acontece a um  grupo afeta todo o mundo. Talvez ele tivesse visitado o perfil de suas vitimas no FB antes do massacre.

Estamos neste mundo para sermos sujeitos de uma transformação para melhor, e não vitimas de um mundo que jaz no Maligno! Seremos usados por perversos ou deixaremos a Luz do Cristo brilhar em nós, pura e cristalina, como o Cristo é?

Facebook tem um não saudavel lado escuro  que tem sido exposto, e cada vez mais e mais pessoas estam se conscientizando dos perigos da desta  Midia  Social ao lado de outras, como Instagram, Tweet e outros, mas dentro todos é de longe o pior.  Como algo que no fundo é anti-social, como acomodar as pessoas a terem uma real socialização, pode ser chamado de Midia Social. "Observar como os relacionamentos de todos os outros se desdobraram diante dos meus olhos, e julgar meus próprios relacionamentos, comparando-os com outros, era incapacitante, mental e emocionalmente. Quem é mais gostado? Quem obtém mais "curtir", as mensagens dos posts e as respostas aos comentários sobre os tópicos de comentários? Por que as pessoas demoram tanto tempo para responder a mim, quando respondem claramente a outras pessoas? Por que meu número de amigos caiu?"(2) (D. Lifschutz in Aish)

Ver com tanta frequencia como as pessoas expoem seus lados escuros com tanta falta de vergonha, muitas vezes leva-nos a aceitar coisas erradas como "normais". Acabamos nos tornando frios também, contaminados com tanta frieza. 

No topo de perder a privacidade ainda temos inumeras pressões psicologicas e morais a que nós expomos todos os dias no FB, tais como:
- A síndrome do "o que eles pensam de mim" não é o único problema. Havia o sentimento constante de pisar na água e não se mantendo à tona (afogar-se):
 -  como acompanhar o número irresistivel de interações, atualizações de status, aniversários, eventos ... 
- eu estava prestando atenção suficiente ao x (pessoa tal)? Ou: recebi poucos ou nenhum parabens no meu proprio aniversário!
- Quantos aniversários eu perdi? 
- Eu esqueci de responder a mensagem de y? 
- Eu ofendi z ao não mencioná-lo em uma postagem? 
- Ou com uma resposta rude a sua piada? 
- tal pessoa me deletou ou eu deletei a outra!
- horas perdidas: postando, reagindo, bisbilhotando a vida dos outros, etc;
- Tudo isso, sem expressões faciais e inflexões vocais para avaliar a resposta da outra pessoa, algo que podemos chamar de "desconexão das emoções humanas".
- adição a onda de adulações das reações e comentarios aos post: "Linda", "Maravilhosa",  "você é incrivel", etc. Se você faz um comentario mais lógico e sincero, tipo: não concordo por isso, você corre o risco de ser bloqueado ou rejeitado.
- aumento excessivo do sentimento de inveja e ciúmes, causado por fotos, comentarios de amigos e familiares, que simplesmente optaram por nos excluir ou ser totalmente indiferente, sem ter a minima empatia de que poderiam nos ofender com suas postagens.
- infelizmente, até divorcios tem sido provados por amizades no Facebook! Pessoas casadas, comprometidas com seus parceiros, após reencontrar antigos amorores do passado, resolveram se separar para viver um romance.
- observar um objeto virtualmente em foto ou tela, não será nunca a mesma coisa que observar um objeto ou pessoa, pessoalmente em tres dimensões ao vivo na vida real, o que proporciona ao cerebro a possibilidade de desenvolver muitos mais habilidades, proficiencias e destrezas, do que ver uma coisa "chapada" na tela do computador.

Na Austria uma Corte disse algum tempo atrás que eles não tem autoridade para ouvir o processo criado por 25.000 pessoas que disseram que o FB ilegalmente coleciona a "data" ou arquivo dos usuarios, quer dizer ainda que deletemos definitivamente nossas perfils no FB eles  tem o direito de ficar com nossos arquivos de perfis!(Pasme).(4) Melhor seria ao inves de pedir para o FB deletar nosso perfil, nós façamos isto pessoalmente, deletando um por um dos nossos artigos mais importantes, como fotos e informações pessoais. Faremos isto, deixaremos apenas posts sem comprometimento da nossa privado. O dono do FB não ficará ainda mais bilhionario com nossas informações.

"O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos". (Oséias 4.6)

O povo no Antigo Testamento praticava  idolatria indo a montanhas oferecer sacrificios à idolos  ou barro, e nós hoje muitas vezes praticamos idolatria, uma vez que esta é tudo o que se coloca antes de Deus. Hoje, necessariamente, não precisamos ir as montanhas para venerar deuses, é só ligar o computador e ficar algum tempo dando atenção e louvou a idolos modernos como: Facebook, celebridades, amigos, e até familia, enquanto não damos um minuto, meia ou uma hora de oração ao Senhor! Ficamos as vezes mais horas na internet, no Facebook ou o que seja, do que ficamos na presença de Deus, orando, meditanto, buscando  FACE DO SENHOR!

Pensamos que o Facebook é de graça, mas não é! Pagamos com nossa privacidade sendo perdida e nossa saude emocional e mental sendo abalada.  E até com a possibilidade de abalhar nosso casamento e amizades reais? Não vale a pena.

"Greenfield, uma pesquisadora, acredita que os cientistas ainda não analisaram o amplo impacto cultural e psicológico das amizades na tela via Facebook, Instagram, Twitter e outros. Ela disse à Câmara dos Lordes que as experiências das crianças em sites de redes sociais "são desprovidas de narrativa coesiva e significado a longo prazo. Como conseqüência, a mente do meio do século XXI pode quase ser infantilizada, caracterizada por curtos períodos de atenção, sensacionalismo, incapacidade de empatia e sensação de identidade instável ".(3) E isto certamente tem coloborado para a profecia do proprio Jesus Cristo, de que no final dos tempos o amor se esfriaria. Algumas pessoas tem se tornado realmente um pedra de gelo, indiferentes. 
   
  Por experiencia própria notamos que a maioria dos da geração que nasceu nos anos 90 e 2000, com constante acesso à Internet e Redes Sociais,  e mesmo nós mais velhos, adquirem uma frieza e falta de empatia muito grande nas relações. O que será desta geração que nasceu depois dos anos de 2010, vendo toda a pervercidade deste mundo Maligno se desenrolar facilmente diante de seus olhos sem nenhuma censura.  Cremos que estamos vivendo no Final dos Tempos, os quais o Evangelho tanto fala. Cremos que o final não passará desta geração, que tem se perdido tão facilmente em relação as anteriores, que tinham mais principios e limites a serem respeitados e era exigido mais que respeitassem. 

As vezes as pessoas tem 1.000, 2.000, até 5.000 amigos no FB, só para mostrar, mas na verdade não interagem nem com 10% deles e quando fazem é com frieza. Se não se esta feliz com a amizade, simplesmente se bloqueia ou deleta, ou se é totalmente indiferente. Nem precisa se ter tantos amigos talvez, 30 ou 100 sejam suficiente para exorcebar nosso lado doentio.

Em contraste com a dependência e adição ao Facebook quando nós libertamos temos: 
-  A oportunidade de ouvir a voz da nossa alma  em silencio, calma, sem a necessidade de reagir constantemente; de comparar, ver a alma despretensiosa, aberta, expansiva e disposta a ver todos os lados da história. Libertar-se do Facebook,  ajuda-nos a fazer a diferença e ser bom pela própria causa em si, sem a necessidade de "aparecer". Não exige que outros se comportem ou reajam de uma certa maneira, e não precisa de condições específicas para ser feliz. Está satisfeito com o que é, sim, grande satisfação e gratidão por se ter paz, independentemente das circunstâncias externas. Se tem vontade de mudar as coisas para melhor, faz isso, sabendo que é um co-criador de sua própria vida, um parceiro com Deus e não do que as Midias Sociais e Internet propõem. Passamos a ser menos narcisistas, ao não expor tanto a nosso figura em fotos e posts, perdemos a necessidade constante de se expor ao extremo, dizendo até detalhes da vida privada. E assim que nos sentimos depois que, com muita dificuldade conseguimos começar a desativar nossa conta do Facebook, mas ainda assim com alguma frequencia, na começo maior, tinhamos a necessidade de ativar temporariamente e ir "visitar" nossos amigos e familia no FB, ainda que anonimos. 

Então concluimos que realmente a dependencia do FB chega realmente a ser doentia e não saudável. Porisso estamos nos preparando para deletar nossa conta definitivamente, no momento esta só desativada, mas ainda sentimos que perderemos o contato total com os "amigos facers". Mas amigos que são amigos não dependem de uma rede social para se comunicar, uma vez que se tem emails, telefones, endereços para correspondencias, etc. Podemos visita-los pessoalmente! Temos um irmão de sangue, que é totalmente "avesso" às tecnologias, e como ele não usa a internet e moramos em paises diferentes, nós nos comunicamos por carta! É tão bom escrever e receber cartas a moda antiga, ao invés de usar apenas o email, WhatsApp ou outro meio eletronico.

É mesmo incrivel como este meio de socialiacizão e comercio, tem tentado e esta sendo usado até pelo povo Amish que até não há  muito tempo atras preferiam viver totalmente fora das ferramentas sociais deste mundo como: cartãos de credito, carros, etc. Chega a ser interessante até ver perfis de familias Amish, suas fotos, suas fé,  suas vidas, etc! Eles que preferiam usar apenas "dinheiro vivo" ao inves do cartão e carrochinhas puxadas a cavalos, foram seduzidos pelo FB!

Até o povo Judeu conhecido como o "povo do Livro" (Biblia) há quase uma decada tem sido mais conhecidos como muito amigos do FB, principalmente depois que  o presidente Israelita,  Shimon Peres,  teve uma grande reação quando lançou sua própia pagina no Facebook com a mensagem: "Nós costumavamos ser as pessoas do livro (a Biblia). Agora nós somos as pessoas do Facebook".

Este quadro é a melhor mostra:




Sim, possamos nós procurar a Face de Deus, olhando e lendo a Biblia! Não perdendo muitas horas de nossas vidas com posts que não levam a nos edificar, mas nós deixar dependentes de algo que não é saudavel. Buscar a face de Deus em primeiro lugar e segunda a amar ao proximo, buscar o face a face, sempre que possivel, se não for pelo menos orar pelos outros, ajuda muito, a nós mesmo e a eles.

E por falar em Biblia, ela enfatiza que devemos viver em modestia, aquela qualidade que  é uma atitude, quando conversamos, andamos, e nos conduzimos. Ela é um senso de dignidade intrinseco e um foco na nossa vida interior com Deus. Ela significa que não estou a procura de honra, ou bajulações, não estou querendo chamar a atenção para mim mesmo. E então vem o Facebook e encoraja  exatamente o oposto.

Desfrutar de uma vida real e para lá de melhor do que uma vida virtual. Respirar o ar do lado de fora, se expor aos raios solares, apreciar uma planta, uma criança ou seja lá o que for na vida real e muitissimo  mais  saudavel do que perder a privacidade e se expor constantemente ou as vezes a ter que ter reações toda hora. Ter uma relação face-a-face com um amigo ou buscar diretamente a face de Deus, atraves de oração e meditação na sua Palavra é muito mais edificante. 

Ainda que se tenha uma conta, um perfil e não se visita, colaboramos para esta febre chamada FB. Quantas vezes eu encontrei no FB amigos e pessoas que conheci no passado tentei entrar em contado com eles  mas não obtive resposta! Fiquei sem saber ao certo se eles estavam me rejeitando ou simplesmente não usam o perfil que tem. Ainda que alguns velhos amigos e conhecidos e até familiares tenham nos adicionado, a amizade virtual não tem a mesma intensidade que tinha no passado, tornando uma relação fria e distante, morta, o que cria ainda mais desconforto e frustação. Seria melhor não ter. Então compreendemos que o passado e o futuro pertencem a Deus, e só Ele pode trabalhar em relações que por algum motivo foram quebradas e não o Facebook.  

Quando amigos  e conhecidos que estavam namorando ou casados e se separam e simplesmente deletaram a outra parte, como se fosse tão simples apagar as lembranças um relação afetiva, e ainda que fosse, estariamos nós tornando tando robotizados e frios como o FB o é de fato. O Facebook torna as pessoas frias e cruéis.

Pelo menos podemos "dar um tempo" desta insano vicio", desativando temporiamente a conta do Facebook. Vá em Configurações, Gerencie Sua Conta e no final do texto há a opção Desativar Sua Conta. Terás um grande alivio e paz. Resista o quanto possivel em voltar, e se voltar cuidado para não cair em tentação de ficar novamente. Melhor seria não se expor a esta tentação nunca mais.

Com a graça é a misecorida conseguimos após escrever este artigo deletar definitivamento nossa conta no FB, mas em tempo compreendemos que o FB ficaria com nossa "data" (informações), então primeiramente deletaremos todas as nossas informações que comprometam a nossa privacidade. Indo em Configurações, Gerenciar Conta, no final dos paragrafos tem um item Download copia do seu Facebook data e vá para o link:  https://www.facebook.com/help/delete_account,  e clique em "Delete Minha Conta", então siga os passos para confirmar.

Um ex-executivo do Facebook, Chamath Palihapitiva, disse que sente uma "tremenda culpa" por seu trabalho em "ferramentas que destroem o rede social de como a sociedade funciona", juntando-se a um crescente coro de críticas ao gigante das redes sociais.  Ela, que foi vice-presidente do crescimento de usuários no Facebook, antes de deixar a empresa em 2011, disse: "Os laços de feedback, ou seja resposta, de curto prazo e como a  dopamina que criamos e estão destruindo a forma como a sociedade funciona. Nenhum discurso civil, nenhuma cooperação, desinformação, mentiras". - Você sabia que o botão CURTIR, funciona como dopamina, tornando-o viciado? Então veja só: "Ele explicou que, quando o Facebook foi desenvolvido, o objetivo era de: -  "Como consumir o máximo de seu tempo e atenção consciente possível?" Foi essa mentalidade que levou à criação de recursos como o botão "curtir" que daria os usuários "um pouco do sucesso da dopamina" para encorajá-los a carregar mais conteúdo". (6) (Olivia Solon in The Guardian) Dopamina é um droga que vicia! E assim as pessoas vão ficando viciadas ao FB, principalmente pelo botão "curtir", querendo despender mais e mais tempo, ficando dependente desta maligna rede.

 E ainda Chamath continua a dizer:  "Este é um problema global. Está corroendo os principais fundamentos de como as pessoas se comportam  entre si ".  

O ex-presidente do Facebook, Sean Parker: diz que site foi criado para explorar a "vulnerabilidade" da psicologia humana.
  
Os comentários de Palihapitiva no mês passado foram feitos um dia depois que o presidente fundador do Facebook, Sean Parker, criticou a maneira como a empresa "faz para explorar uma vulnerabilidade na psicologia humana" criando um "loop de feedback de validação social", ele disse isto durante uma entrevista em um evento em Axios .(5) (Julie Carrie in The Guardian)

Que possamos encarar nossos problemas e não "Facebook" eles, isto expo-los no FB! Ao invés de expormos nossas vidas, privacidade e problemas, possamos entrar no nosso secreto, fechar a porta e orar.


Por favor, agora desligem os seus computadores e deem uma pausa para orar, para respirar ar fresco e sentir a vida real, face-a-face, buscando a Face de Deus.


Bibliografia:


1 - http://www.aish.com/f/mom/Facebook-Overexposure.html?s=srcon
2 - http://www.aish.com/sp/pg/My_Facebook_Hiatus.html
3 - https://www.theguardian.com/uk/2009/feb/24/social-networking-site-changing-childrens-brains
4 - http://www.telegraph.co.uk/technology/0/permanently-delete-facebook-account/
5 - https://www.theguardian.com/technology/2017/dec/11/facebook-former-executive-ripping-society-apart
6  - https://www.theguardian.com/technology/2017/nov/09/facebook-sean-parker-vulnerability-brain-psychology
7 - https://www.theguardian.com/us-news/2017/dec/13/newtown-sandy-hook-shooting-victims-five-years-later

O Julgamento Esta Chegando

Sim, o Julgamento do Senhor esta chegando e os incendios devastadores na California testemunham isto.






"Eu amo a Califórnia. Tem sido minha casa há 14 anos. Eu amo a congregação da igreja em Sacramento. No entanto, enquanto reflito sobre os desastres naturais deste ano, é importante ver que são mais do que desastres naturais. São PROVIDÊNCIAS DIVINAS que nos falam como povo. Deus ainda julga este mundo rebelde, mesmo que alguns de nós confiem nele através de Seu Filho. A Califórnia é um estado rebelde formado por pecadores rebeldes que, na melhor das hipóteses, ponham o chapéu em direção a Deus e, no pior caso, negam a própria existência. É necessário quando confrontados com incêndios e inundações e terremotos para considerar nosso relacionamento com Deus. Deus revelou-se a nós no evangelho de Seu Filho. Ele nos oferece perdão por nossa rebelião e vida através de Ele. Se continuarmos a recusar as suas propostas de misericórdia, enfrentaremos algo muito pior do que os antecessores do julgamento final que esses incêndios nos apresentam. Hoje, se você ouvir Sua voz não endurecer seu coração... acredite no Senhor Jesus Cristo e seja salvo. Ele é a única esperança para qualquer um de nós enquanto caminhamos pela vida e enfrentamos Deus na morte". - Roberts Briggs

E se não bastasse os incendios em grandes areas da California esta semana um razoavel terremoto magnitude quase 4.0 atingiu a area perto de San Francisco.



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

JESUS é o REI


Ruth Ferraz

Sim, JESUS é o Rei e reina! É Ele que deveria estar governando em nossas mentes, vontades e coração. Mas quem é que esta governado em nós? É Ele ou a cobiça da carne, ou seja Satanas.

Podemos ser parte do Seu Reino, que ainda materialmente invisivel para a maioria, este é visivel, espiritualmente, para quem Ele dá visão espiritual.   
"O Reino de Deus não vem ostensivamente. Nem se poderá dizer: ‘Está aqui’ ou ‘Está ali’, porque O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE VÓS”. (Lucas 17.20)

Monarquias humanas mostram um perigoso glamour material, onde Deus não é o centro, porisso vem acompanhada de opressão, mostrando coisas que não são acessiveis a todos, riquezas, poder temporario, onde uns são super ricos enquanto a maioria em estado miséravel.  A ostentação das coisas materias tras a cobiça e inveja; se tem inveja e se provoca inveja, coisa tão facil hoje em dia com a Internet e Midia Social (Facebook, Instagram, Tweet, etc).  Com a graça nós conseguimos dos libertar do Facebook e Instagram, que são midias  que seduzem muitas pessoas e as prendem muitas horas na internet. Vivemos na Era da Imagem ou Visual. Com o advanço das tecnologias Digitais, cameras, filmadoras, etc nossa visão e cobiça parecem se aguçar mais e mais. Precisamos tomar cuidado com isto.

Ficamos atônicos aos assistir os videos da Coroação e Procissão Após a Coroação da Rainha Elizabeth II em 1953, tanto glamour, tanta "pompa e circunstancia", mas será que ela realmente recebeu poderes divinos e os colocou em pratica? O julgamento do Senhor dirá por certo! Autoridades devem ser respeitadas por certos, pois é o Senhor que permitem que elas tomem posse, mas elas teram de dar contas a Deus do que é que fizeram com o poder que receberam.







As  vezes o proprio povo prefere fazer o julgamento e punem monarcas que abusam do poder e neglegienciam cuidar do povo. Com o foi o caso da Rainha Maria Antonieta e seu esposo Rei Luis XVI na França que em 16 de outubro de 1793 foi decapitada  nove meses depois de seu esposo, durante a Revolução Francesa. O povo  a  matou na guilotina por não se importar com a miseria na qual o povo vivia.  basicamente ela se opós a reforma da monarquia. Dizia ela: -"o povo não tem pão? Dê-lhes brioche (que é um sofisticado pão quase um bolo)!


                                                 Brioche

"É fácil ler isso como algo profundamente reacionário, resgatando essa combinação de monarquia e religião que se reforçou mutuamente, que a revolução francesa diagnosticou como o epítome da opressão humana. A igreja fornece a autoridade moral, a monarquia fornece o poder. Juntos formam uma aliança de glamour perigoso. E o retorno da febre de casamento real para a Grã-Bretanha, incluindo a decisão de Meghan Markle de ser batizada e confirmada antes do casamento com o Príncipe Harry, oferece uma lembrete desconcertante de que este mundo não passou inteiramente". (Giles Fraser in The Guardian)

 É inacreditavel como as riquezas tornam as pessoas insensiveis as necessitades dos menos favorecido e os afasta de Deus. Ainda que muitas vezes pessoas querem fazer caridade, somente para aparecer. "Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão. Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita." (Mateus 6.2-4)



Já a monarquia divina mostra magnificiencia espiritual onde o Cristo é o centro e tem o poder de dar a todos os que o procuram com um sinceros coração a maravilhosa oportunidade de serem salvos e chamados Filhos de Deus para viver no seu Reino,  não só já aqui na Terra mas no futuro eterno no Céu.

Sim, o Reino de Deus, que é atemporal, é eterno. Ele dá a Salvação que é o direito de ir morar na Casa do Pai, O Rei do Universo, no Céu.

"Uma coisa pedi ao SENHOR e a buscarei: que possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR e aprender no seu templo" (Salmo 27.4)

Diferente da Monarquia humana onde o Rei tem a coroação cercada de riquezas e ostentações, a coração de Cristo foi na cruz com uma coroa de espinhos, pessoas lhe açoitando e lhe cuspinado.  E infelizmente este tipo de coroação continua acontecendo com Ele e seus verdadeiros seguidores: perseguições, indiferença, e até morte, como é caso dos que o Estado Islamico tem feito com os cristãos no Oriente Medio, onde este grupo degola cristãos,mas não precisamos ir até este extremo, pois nós mesmo temos sido neglicenciados e rejeitados por amigos e até familia por crer totalmente no Cristo e sua Palavra; nossa alegria sofrer pelo Cristo.

No momento que Jesus estava sendo coroado parecia que Ele estava perdendo o direito de ser o verdadeiro Rei, mas na verdade Ele estava entrando na Sua Gloria e estando pronto para vencer um dos maiores inimigos do homem: a morte.

Como os Judeus contemporâneos de Jesus, especialmente os sumos sacerdotes, que achavam que o Messias deveria vir no glamour e riquezas como Rei Davi e do seu filho Rei Salomão, pessoas acham que isto também deveria acontecer comos seguidores de Jesus.  Quem não aceita a simplicidade de Jesus e seus verdadeiros seguidores esta muito longe da verdadeira espiritualidade e talvez Salvação. O poder espiritual de Jesus cura e ressucita, mas pode não lhes ser suficiente. Igualmente hoje alguns "cristãos" contemporaneos querem impor suas "doutrinas de prosperidade" e apostasias, fazendo cristãos ignorantes na Palavra de Deus, acreditar que precisam ser ricos materiamente para provar que são abençoados. Perdendo o foco em ser fiel até o fim, correm atras de riquezas humanas, muitas vezes perdendo até a Salvação. Você acha que uma vez salvo, salvo para sempre? Não, se não manter-se fiel até o fim podemos perder a salvação. Pois uma vez que se arrepende do pecado e voltamos a pecar novamente, como um criminosos que volta a cometer o crime e tem que voltar a ser preso novamente.

 Para os crentes desta doutrina ou Teologia da Prosperidade, ser pobre não é ser abençoado, mas Jesus disse: 

- "Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.
E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.
Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus" (Mateus 19.21-23).


- "Jesus lhe respondeu: “As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça”. (Mateus 8.20)

- "Olhai as flores do campo; elas não fiam, nem tecem. Eu, todavia, vos asseguro que nem mesmo Salomão, em todo o seu esplendor, pôde se vestir como uma delas". (Lucas 12.27)

Deus nos chama a ser humildes, simples e desprendidos dos bens terrenos para herdarmos o Reino dos Céus. Felizes os humildes! Essa palavra é muito rica e traduzida, no Evangelho, como bem-aventurados. Isso quer dizer que ser humilde é ser despretensioso, pobre e simples. Essa pobreza a que Jesus se refere não é apenas material, mas também o despojamento, a humildade de espírito, alma e coração. De quem é o Reino dos Céus? Dos humildes, pobres, simples, daqueles que realmente se abrem para Deus. Muitas vezes, você se entrega ao mundo e enche seus olhos de cobiça ao ver, nas lojas e nos shoppings, tudo o que gostaria de ter. Fuja dos shoppings center, economize! Aos poucos, o poder, o prestígio e a ganância canalizam-se para desviá-lo dos caminhos de Deus. As pessoas querem viver a realidade das novelas, romances, das casas maravilhosas e dos rostos perfeitos dos atores e atrizes, e assim perdem a realidade, a simplicidade. SIM, A ESSENCIA DO EVANGELHO É A REALIDADE DA HUMILDADE e SIMPLICIDADE.

Não podemos ser mornos, mas quentes em espirito, para sermos sal da Terra e luz do mundo. Se você já é cristão ou não, não se esqueça sempre de se arrepender em caso você não esta vivendo um vida simples e pura, de acordo com os evangelhos. Peçamos que a Luz do Cristo nós lave de toda cobiça, ganancia, reSsentimento, inveja e todos os outros sentimentos e pensamentos malignos.
Possa a Vida do Cristo vivificar os nossos "ossos secos" como esta lá em Ezequiel 37. Vida Nova para nossos orgãos, juntas, mente, coração, enfim todo o nosso ser e nos trazer a Vida Abundante em Cristo Jesus.

Senhor Jesus, nós nos arrependemos dos nossos pecados e omissões. Perdoa-nos Senhor! 
Venha morar no nosso coração e ser nosso único e suficiente Senhor e Salvador! 
Queremos ser fieis até o fim para ver nossos nomes escritos no Livro da Vida!
Amem

Bibliografia:

https://padrejonas.cancaonova.com/informativos/artigos/por-que-os-humildes-herdarao-o-reino-dos-ceus/

The Guardian

sábado, 10 de junho de 2017

Andando Pela fé: SATISFAÇÃO




"O Senhor é o meu Pastor e nada me faltará" (Salmo 23).

Sim nós temos tudo que precisamos e somos muito gratos a tudo o que o Senhor tem permitido em nossas vidas, tanto de bom, como o que é aparentemente ruim e Ele pode transformar em benção, depende da nossa fé. E a fé vem de ouvir e ouvir a Palavra de Deus. Então leia-a todos os dias, de preferencia em voz alta. Você não precisa comprar livros, CDs, DVDs, destes sem vergonhas que fazem comercio com a Palavra de Deus, tirando descaradamente dinheiro das ovelhas e se enriquecendo enquanto as ovelhas perdidas não tem um pastor para olhar nos olhos e as consolar e ensinar a Palavra propriamente. Mas ninguem é orfão se em Deus como Pai e Jesus prometeu que enviaria o Espirito Santo para nos consolar. Ele cuida de nós melhor do que cuida das aves e das flores, para Ele temos um grande valor.

Então pega seu Biblia ou a abra na internet e leia, sem desculpas, sem preguiça. Pelo menos um capitulo por dia e foque no Cristo e o sirva em tudo que fazes, pois se o Senhor não edificar a casa em vão trabalham os que nela vivem.

Seja satisfeito com o que você tem e faça o melhor que puder o que esta fazendo. Não cobice as coisas do seu proximo.

Ponha a Palavra em pratica na sua vida.

Deus o abençõe e o guarde para a Vida Eterna.

Andando Pela Fé: PERDÃO



Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nós tem ofendido.

Andando Pela Fé: ESQUEDENDO-SE DAS COISAS QUE FICARAM PARA TRÁS



"Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,
Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" - Filipenses 3:3-13-14



Aguas passadas não rolam moinho.
O que passou passou.
Não adianta chorar o leite derramado.

Pela graça pedimos perdão dos nossos erros e vamos em frente, que atrás vem gente. Focando no Cristo,  em sua Palavra e na morada no Céu que nos espera.

Não podemos permitir que o Diabo nos atormente com coisas erradas e malignas, pecados, maus pensamentos e sentimentos. Temos que ter a mente única, que só acredita em Deus e não no mal. Mente dubia, ou dupla e uma praga. Focar no nosso único Deus, o qual nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo é UM.

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Pode de Uma Mesma Fonte Jorrar Água Doce e Amargosa?



Ora, nós pomos freio nas bocas dos cavalos, para que nos obedeçam; e conseguimos dirigir todo o seu corpo.

Vede também as naus que, sendo tão grandes, e levadas de impetuosos ventos, se viram com um bem pequeno leme para onde quer a vontade daquele que as governa.


Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia.


A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno.


Porque toda a natureza, tanto de bestas feras como de aves, tanto de répteis como de animais do mar, se amansa e foi domada pela natureza humana;
Mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.


Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.


De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não convém que isto se faça assim.


Porventura deita alguma fonte de um mesmo manancial água doce e água amargosa? ~ Tiago 3:3-11 ~

domingo, 4 de junho de 2017

SHAVUOT (PENTECOSTE): CELEBRANDO A DÁDIVA DA PALAVRA E DO ESPÍRITO SANTO



Quarenta e nove dias (7 semanas x 7 dias) depois de ter apressadamente saído do Egipto com a celebração da primeira Páscoa, o povo de Israel encontrou-se com o Eterno Deus junto ao Monte Horebe, no Sinai, para a recepção da Torah (matan Torah), a Palavra de Deus, o modelo de vida e de conduta que moldaria a nação de Israel para sempre. Assim começou Israel.
Quarenta e nove dias depois de ter celebrado a Páscoa com os Seus discípulos, o Messias Jesus cumpriu a Sua promessa, enviando e derramando o Seu Espírito sobre os 120 fiéis seguidores que se reuniam em Jerusalém. Assim começou a Igreja.
Celebra-se neste Domingo este duplo evento que nos gerou e nos deu vida. a dádiva da Palavra e a dádiva do Espírito Santo de Deus.
Devemos celebrar, mas mais ainda viver intensamente essa nova realidade, sendo diariamente abençoados e orientados pela instrução e revelação da Sua Palavra, e preenchidos no nosso interior com nada mais nada menos que com a presença do próprio Espírito de Deus, Aquele que veio para habitar para sempre nos nossos corações!
Chag Shavuot Sameach! Feliz Pentecoste!
Shalom, Israel!

Fonte: http://shalom-israel-shalom.blogspot.com.br/2016/06/shavuot-pentecoste-celebrando-dadiva-da.html

terça-feira, 23 de maio de 2017

O Cristo Estava Com Os Israelitas no Deserto



Ora, irmãos, não quero que ignoreis que nossos pais estiveram todos debaixo da nuvem, 

e todos passaram pelo mar.

E todos foram batizados em Moisés, na nuvem e no mar,

E todos comeram de uma mesma comida espiritual,

E beberam todos de uma mesma bebida espiritual, 

porque bebiam da pedra espiritual que os seguia; 

e a pedra era Cristo. (1 Corintios 10.1-4)

terça-feira, 9 de maio de 2017

Israel 69o. Aniversario do Dia da Independência


Deus abençõe Israel, pelo qual nós oramos diariamente, chamando por Jerusalém.

"Os nossos pés estão dentro das tuas portas, ó Jerusalém.
Jerusalém está edificada como uma cidade que é compacta.
Onde sobem as tribos, as tribos do Senhor, até ao testemunho de Israel, para darem graças ao nome do Senhor.
Pois ali estão os tronos do juízo, os tronos da casa de Davi.
Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam.
Haja paz dentro de teus muros, e prosperidade dentro dos teus palácios.
Por causa dos meus irmãos e amigos, direi: Paz esteja em ti.
Por causa da casa do Senhor nosso Deus, buscarei o teu bem." (Sallmo 122)

 Jesus Cristo esta voltando para nós libertar totalmente dos orlas das trevas deste Maligno mundo.

Hino Nacional de Israel: (para ouvi-lo dê pausa na musica do blog no play acima)






Que o Senhor nos abençõe a todos, em nome de Jesus Cristo!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

George Müller, exemplo de dependência em Deus


George Müller, exemplo de dependência em Deus

O gigante da fé, George Müller (1805-1898), nasceu na Alemanha, e converteu-se com idade de 20 anos numa missão morávia. Foi para a Inglaterra em 1829, onde trabalhou para o Senhor até o final de sua vida.
George Müller
Em 1830, três semanas depois de seu casamento, Müller e sua esposa decidiram abrir mão de seu salário como pastor de uma pequena congregação, e depender exclusivamente de Deus para suas necessidades. Já desde o início, ele tomou a posição que manteria durante todo o seu ministério, de nunca revelar suas necessidades às pessoas, e de nunca pedir dinheiro de ninguém, somente de Deus. Ao mesmo tempo, decidiu que também nunca entraria em dívida por motivo algum, e que não faria reservas, nem guardaria dinheiro para o futuro.
Durante mais de sessenta anos de ministério, Müller iniciou 117 escolas que educaram mais de 120.000 jovens e órfãos; distribuiu 275.000 Bíblias completas em diferentes idiomas além de grande quantidade de porções menores; sustentou 189 missionários em outros países; e sua equipe de assistentes chegou a contar com 112 pessoas.
Seu maior trabalho foi dos orfanatos em Bristol, na Inglaterra. Começando com duas crianças, o trabalho foi crescendo com o passar dos anos, e chegou a incluir cinco prédios construídos por ele mesmo, com nada menos que 2000 órfãos sendo alimentados, vestidos, educados e treinados para o trabalho. Ao todo, pelo menos dez mil órfãos passaram pelos orfanatos durante sua vida. Só a manutenção destes órfãos custava 26 mil libras por ano. Nunca ficaram sem uma refeição, mas muitas vezes a resposta chegava na última hora. Às vezes sentavam para comer com pratos vazios, mas a resposta de Deus nunca falhava.
No decorrer da sua vida, Müller recebeu o equivalente a sete milhões e meio de dólares, como resposta de Deus. Além de nunca divulgar suas necessidades, ele tinha um critério muito rigoroso para receber ofertas. Por mais que estivesse precisando (pois em milhares de ocasiões não havia recursos para a próxima refeição), se o doador tivesse outras dívidas, se tivesse evidência de que havia alguma atitude errada, ou alguma condição imprópria, a oferta não era aceita.
E mesmo quando tinha certeza de que Deus estava dirigindo para ampliar o trabalho, começar uma outra casa, ou aceitar mais órfãos, ele nunca incorria em dívidas. Aquilo que Deus confirmava como sua vontade certamente receberia os recursos necessários, e por isto nunca emprestava nem contraía obrigações sem ter o necessário para pagar.
A seguir, um trecho da sua autobiografia, onde ele define sua posição com relação a dívidas:
Minha esposa e eu nunca entramos em dívidas porque acreditávamos que era contrário às Escrituras (Rm 13.8). Por isto, nunca tivemos contas para o futuro com alfaiate, açougue, padaria ou mercado. Pagamos por tudo em dinheiro. Preferimos passar necessidade do que contrair dívidas. Desta forma, sempre sabemos quanto temos, e quanto podemos dar aos outros. Muitas provações vêm sobre os filhos de Deus por não agirem de acordo com Romanos 13.8.
Alguns podem perguntar: Por que você não compra o pão, ou os alimentos do mercado, para pagar depois? Que diferença faz se paga em dinheiro no ato, ou somente no fim do mês? Já que os orfanatos são obra do Senhor, você não pode confiar que ele supra o dinheiro para pagar as contas da padaria, do açougue, e do mercado? Afinal, todas estas coisas são necessárias para a continuidade da obra.
Minha resposta é a seguinte: Se esta obra é de Deus, certamente ele tanto quer como é capaz de suprir todo o necessário. Ele não vai necessariamente prover na hora que nós achamos que deve. Mas quando há necessidade, ele nunca falha. Podemos e devemos confiar no Senhor para suprir-nos com o que precisamos no momento, de forma que nunca tenhamos que entrar em dívida.
Eu poderia comprar um bom estoque de mantimentos no crediário, mas da próxima vez que estivéssemos em necessidade, eu usaria o crediário novamente, ao invés de buscar o Senhor. A fé, que somente se mantém e se fortalece através de exercitar, ficaria mais e mais fraca. No fim, provavelmente acabaria atolado em grandes dívidas, sem perspectiva de sair delas.
A fé se apóia na Palavra Escrita de Deus, mas não temos nenhuma promessa de que ele pagará nossas dívidas. A Palavra diz: "A ninguém fiqueis devendo coisa alguma" (Rm 13.8), e: "Quem nele crer não será de modo algum envergonhado" (1 Pe 2.6). Não temos nenhuma base bíblica para entrar em dívidas.
Nosso alvo é mostrar ao mundo e à igreja que mesmo nestes dias maus do tempo do fim, Deus está pronto para ajudar, consolar, e responder às orações daqueles que confiam nele. Não precisamos recorrer a outras pessoas, nem seguir os caminhos do mundo. Deus tanto é poderoso, como desejoso, de suprir todas nossas necessidades no seu serviço.
Consideramos um precioso privilégio continuar a esperar no Senhor somente, ao invés de comprar mantimentos no crediário, ou de emprestar de bondosos amigos. Enquanto Deus nos der graça, olharemos somente para ele, mesmo que de uma refeição para a próxima tivermos que depender do seu suprimento. Já faz dez anos que trabalhamos com estes órfãos, e ele nunca permitiu que passassem fome. Ele continuará a cuidar deles no futuro também.
Estou profundamente consciente da minha própria incapacidade e dependência no Senhor. Pela graça de Deus, minha alma está em paz, embora dia após dia tenhamos que esperar a provisão milagrosa do Senhor para nosso pão diário.
Extraído da Revista Impacto (www.revistaimpacto.com.br), nº 25.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leitura recomendada:
Elias: provisão estranha numa missão profética na esfera política

Cartoon: Esta podia ter sido a sua vida! VOCÊ TEM UM TEMPINHO PARA LER?